Anápolis entra em “risco moderado” e adota medidas mais duras a partir da próxima segunda, 22

Anápolis entra em “risco moderado” e adota medidas mais duras a partir da próxima segunda, 22
Imagem divulgaçao

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP) promoveu uma live através de suas redes sociais para comentar a situação da Covid-19 no município e o risco de colapso no sistema de saúde.

Naves reiterou, por diversas vezes, a necessidade de colaboração popular para que o município possa vencer a segunda onda da doença que assola Goiás e todo o País.

Segundo o prefeito, apesar da ‘evolução’ da matriz de risco, de leve para moderada, o recuo ou o avanço desse cenário dependerá da colaboração de todos.

A mudança da matriz de risco implica algumas mudanças do funcionamento do comércio em Anápolis. Haverá, a partir de segunda, restrição de dias e horários para funcionamento do comércio varejista e atacado.

Ambos passarão a funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Aos finais de semana, deverão permanecer fechados. Também haverá limitações da circulação de pessoas simultaneamente dentro desses locais.

Para além disso, haverá mudanças na dinâmica de atendimento das unidades de saúde da rede pública e privada, bem como para o transporte coletivo, indústrias e serviços de alimentação. Todas as alterações seguirão um protocolo geral que poderá ser conferido através do site da prefeitura de Anápolis.

Quanto a adoção de medidas mais duras em relação ao funcionamento do comércio, o prefeito reconheceu que as alterações “dificultam a vida do empresário”.

“Eu sei que o que cada um passa, mas para que a gente pague nossas contas, é preciso estar vivo. Não podemos deixar o sistema colapsar. Para que isso não aconteça, sempre que for preciso, teremos a coragem de tomar as decisões necessárias independentemente de qualquer coisa”, disse.

Anápolis ainda conta com 80 leitos de enfermaria e 50 leitos de UTI, segundo o prefeito. Foi informado também que a unidade do Leblon será reaberta nos próximos dias voltando a atuar para o município como uma unidade de internação de pacientes com a Covid-19.

Redução da faixa etária para vacinação

Roberto Naves também destacou que a prefeitura dará início ao cadastramento das pessoas com 75 anos para receberem a vacina contra a Covid-19 assim que as doses estiverem disponíveis.

“Vamos abrir o ‘zap’, neste primeiro momento, apenas para o cadastro dessas pessoas que serão vacinadas a medida que as novas vacinas chegarem. Tudo será feito ao longo da próxima semana. Tendo vacinas, nossa expectativa é reduzir a faixa etária o quanto antes”, destacou o prefeito.

 

Fonte Jornal Opção