Caso Lázaro: OAB está preocupada com "abuso" na captura do foragido

Caso Lázaro: OAB está preocupada com "abuso" na captura do foragido
Imagem divulgaçao

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-GO, o advogado Roberto Serra, contou que após receber o relato de um advogado de Cocalzinho de Goiás preocupado com o desfecho da busca por Lázaro Barbosa, 32 anos, foragido há 14 dias, uma reunião ocorreu juntamente com a promotora do município e com representante do Ministério Público de Goiás.

“Conversamos sobre a expectativa no desfecho do caso e externamos a preocupação com a manutenção da integridade física de ambos, do foragido e das forças policiais, e para que não haja abuso. Mas sem maiores encaminhamos porque não sabemos as estratégias traçadas pela polícia para captura do foragido. Estamos acompanhado os procedimentos policiais na expectativa de que de Lázaro seja capturado dentro da legalidade e que se desenvolva da melhor maneira possível”, relatou o presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Segundo Roberto Serra, existe a preocupação com a integridade de Lázaro. No entanto, o advogado pontua que “por mais que se preserve a vida e integridade física de alguém em um momento de embate tudo pode acontecer. O ideal é que houvesse a captura sem abuso, é isso que a gente espera, mas não podemos exigir a preservação da própria vida [de Lázaro] se houver um embate.”

Para o presidente, é difícil fazer uma exigência neste momento que está em curso a captura de alguém que se encontra foragido e em confronto com as forças policiais. “Não podemos partir do pressuposto que haverá abuso, espero que não ocorra, mas no momento esperamos o bom senso de todos na conclusão do trabalho”.

 Fonte Jornal Opção