Ecovias do Cerrado mantém equipes de prontidão para o feriado de 2 de novembro

Ecovias do Cerrado mantém equipes de prontidão para o feriado de 2 de novembro
imagem divulgação

O motorista que trafegar pela BR-364/365 durante o final de semana e o feriado de 2 de Novembro poderá contar com toda oferta de serviços oferecidos pela Ecovias do Cerrado para ter uma viagem segura. Os serviços incluem socorro médico, socorro mecânico, monitoramento das vias e pontos de parada. Em caso de emergências, o usuário pode acionar equipes a qualquer hora do dia, por meio do telefone 0800 0364 365, ao longo de todo os 437 km de concessão, que interligam Jataí-GO a Uberlândia-MG.

 

A fim de ter mais tranquilidade, os motoristas devem evitar, se possível, viajar nos horários de pico previstos para o período: das 16h até as 21h de sexta-feira (30), das 08h às 13h de sábado (31), e das 15h até as 20h de segunda-feira (1°).

 

A concessionária também orienta os usuários a tomarem alguns cuidados na hora de pegar a rodovia e assim reduzir os riscos de acidentes. As principais dicas são para respeitar a sinalização e os limites de velocidade da pista, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e evitar o uso de celulares ao volante para não desviar a atenção do trânsito.

 

As praças de pedágio estão operando em modo educativo, portanto é necessário que o motorista pare na cabine e aguarde a liberação da cancela. Para segurança de todos, é crucial que o motorista respeite a velocidade de 40km/h na aproximação desses locais.

 

Antes de viajar, o ideal é que o motorista também faça uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

 

Também é fundamental planejar a viagem. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso. Se possível, o usuário deve revezar a direção do veículo.

 

Em caso de chuva durante a viagem, o recomendável é que o motorista diminua a velocidade, aumente a distância do veículo à frente e ligue os faróis baixos.

 

EQUIPES DE PRONTIDÃO

 

Durante os três dias de feriado, estarão a postos 189 profissionais do Serviço de Atendimento ao Usuário. Os atendimentos são disponibilizados com ajuda de uma frota com 9 ambulâncias, 3 guinchos leves, 3 guinchos pesados, 2 caminhões-pipas e 2 caminhões-boiadeiros. A fim de garantir melhor controle do tráfego, equipes da concessionária farão o monitoramento do fluxo por meio de 5 viaturas de inspeção e pelas câmeras de videomonitoramento do Centro de Controle de Operações (CCO).

 

APOIO A CADA 50 KM

 

Poder ir e voltar com conforto e segurança é o desejo de todo motorista e passageiros. Por isso, os SAUs (Serviço de Atendimento ao Usuário) são pontos de apoio com os quais o usuário da BR-364/365 pode contar.

 

Os SAUs estão distribuídos a cada 50 km, aproximadamente, e oferecem fraldário, banheiros, bebedouros, áreas para descanso, além de serviço de informações, que podem ser solicitadas por meio de totens de autoatendimento ou por ligação para o 0800 0364 365. Tudo isso, está disponível 24h por dia, gratuitamente.

 

Siga-nos:

Flickr: https://www.flickr.com/photos/189670211@N03/albums

Twitter: https://twitter.com/EcoviasCerrado

 

Sobre a EcoRodovias

A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura rodoviária do Brasil e vem expandindo, ao longo dos últimos vinte anos, sua presença em corredores rodoviários de importação e exportação, bem como relevantes eixos turísticos do país. Atualmente, administra 10 concessões de rodovias, que somam 3.156 quilômetros de extensão, em sete estados, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Além disso, gerencia dois ativos ligados ao setor portuário para movimentação e armazenagem de cargas no Porto de Santos, o maior do Brasil. 

Para mais informações: www.ecorodovias.com.br

Assessoria de Comunicação Social Ecovias do Cerrado