Gemeos jataienses fazem sucesso nas redes sociais

Gemeos  jataienses fazem sucesso nas redes sociais
Imagem divulgaçao/instagram

Com vídeos gravados em casa, os gêmeos Lázaro e Vicente, conhecidos como “irmãos uai”, estão fazendo o maior sucesso nas redes sociais. Moradores de Jataí, na região sudoeste de Goiás, eles começaram a postar no início da pandemia de coronavírus e, atualmente, somam mais de 5 milhões de seguidores em uma das plataformas.

Os conteúdos com o maior número de visualizações e curtidas são produzidos pelos dois jovens, de 19 anos, e publicados no TikTok, um aplicativo de vídeos curtos, popular, principalmente, entre os adolescentes. Em um deles, por exemplo, os dois usam do bom humor e da semelhança da voz para “trollar”, fazer uma pegadinha, com amigos e familiares que precisam adivinhar quem está falando.

A inciativa de começar a produzir conteúdo digital partiu de Lázaro, que no início postava vídeos sozinho sobre as gírias e o sotaque goiano. Porém, foi junto do irmão Vicente que ele realizou o grande sonho: o de ser famoso na internet.

“Até hoje a minha ficha não caiu. Quando alguém mais famoso segue a gente ou quando vemos os nossos vídeos viralizando, a gente nem acredita. Todo os dias eu vou dormir com a certeza de que no outro dia eu vou acordar e tudo não passou de um sonho”, afirmou Lázaro.

A carreira no mundo virtual deu tão certo que os dois deixaram o trabalho como jovem aprendiz em um supermercado da cidade para se dedicar totalmente à produção dos vídeos para as redes sociais.

“Quando a gente fica sem postar, os nossos seguidores brigam, mandam mensagens pedindo para nós aparecermos. Então, acabamos ocupando todo o nosso tempo produzindo conteúdo”, explicou Vicente.

Sem conseguir dimensionar a quantidade de pessoas que os acompanham diariamente, os irmãos acreditam que a simplicidade e a autenticidade foram importantes para eles alcançarem o público. “Os vídeos são simples. O conteúdo é espontâneo, sem uma grande produção. Acho que isso também faz a galera se identificar e assistir os vídeos”, afirmou Lázaro.

Ainda sem entender como surgiu toda a visibilidade em torno dos filhos, a mãe dos garotos, Jaislaine Araújo Severino, de 43 anos, se diz orgulhosa por ver que eles estão fazendo algo que gostam.

“São exemplos de humildade e honestidade. Eles merecem todo o reconhecimento e tenho muito orgulho deles. Oriento os dois a aproveitarem ao máximo esse momento”, disse.

Por Millena Barbosa, G1 GO