STF decidirá se animais apreendidos por maus-tratos podem ser abatidos

STF decidirá se animais apreendidos por maus-tratos podem ser abatidos
Imagem divulgaçao

De autoria do Pros, o Superior Tribunal Federal (STF) iniciou nesta sexta-feira, 11, o julgamento virtual da ação que pede a proibição do abate de animais apreendidos por maus-tratos. Os ministros poderão inserir seus votos na plataforma até a próxima sexta, 17 de setembro.

O STF decidirá se referenda uma decisão liminar de Gilmar Mendes dada em março de 2020 para suspender qualquer decisão que autorize o abate de animais silvestres e domésticos apreendidos.

A ação diz que o abate nessas circunstâncias contraria a Constituição e que, em vez de proteger os animais, acaba por desrespeitar sua integridade.