Testemunha pode levar à reabertura do processo sobre o assassinato do ex-prefeito de Itumbiara Zé Gomes

Testemunha pode levar à reabertura do processo sobre o assassinato do ex-prefeito de Itumbiara Zé Gomes
José Gomes da Rocha e Gilberto Ferreira do Amaral: o segundo matou o primeiro a pedido de algum aliado político? Novo depoimento pode ser revelador | Fotos: Reproduções

O processo a respeito do assassinato do ex-prefeito de Itumbiara José Gomes da Rocha, segundo duas fontes, poderá ser aberto. Porque uma testemunha — que talvez faça delação premiada — teria se reunido com delegados, promotores e magistrados, durante mais de quatro horas, e apresentado uma nova versão do caso. A versão teria sido detalhada.

O homem — M. — teria prestado informações que supostamente incriminam um político do município. O Jornal Opção o procurou, mas ele disse ao repórter que está com medo e desligou o telefone.

José Gomes foi assassinato por Gilberto Ferreira do Amaral, que acabou morto pela polícia. Na época, em 2016, o então vice-governador de Goiás José Eliton também saiu ferido, mas sobreviveu.

 

Fonte: Jornal Opção